sábado, 24 de maio de 2008

Sou um Rio





Sou Rio antigo, de águas sublevadas,
Por onde não se pode navegar.
Sou caminho difícil, águas inexploradas.
Meu curso não há quem possa domar.

Aos aventureiros, afastem-se, fiquem nas orlas,
Porque eu só respeito meu curso e meu destino. O mar.
Abundante, espessa e destemperada sou toda correnteza.
De minhas águas terá apenas perdas, dor e braveza.

Se tu, aventureiro, não quiser se afastar de mim.
Assina um acordo tácito comigo e a tu cabes,
Navegar-me, desbravar-me, conhecer-me...
Mas nunca tente me domar, pois a mim cabe:

Envolvê-lo desejá-lo e, talvez, afogá-lo.

Quero de ti, aventureiro, mais do queres de mim.
Tortuosamente, anseio de ti, Sua coragem, sua beleza.

O seu talento de navegante.

Levará o que queres,
Se me der o mais profundo desejo.
Há que ter respeito e temor, Senhor Marítimo.
Mas antes e maior que tudo há que se ter amor.
(Assumindo e amando Oxum)


Elque Conceição dos Santos

8 comentários:

Anônimo disse...

Isso, muito mais que um poema, é uma poesia, é uma dádiva e é tudo que posso dizer, por que se eu for adjetivar mais, serei pouca,que realmente o qulifique.

Esse poema é amarelo, de água doce, forte, sensível, sutil, bonito como só uma filha de Oxum poderia!

Eu amo essa filha d'Oxum!


Sem mais,


Mileide Santos, admiradora dos poetas, ai quem medera...

Anônimo disse...

OI NEGA ! LI, VIAJEI E VISUALIZEI.

GOSTO DO SEU ESTILO, ME LEVA DIANTE DE TUA FIGURA, DE TUA PSICO. VISUALIZO-TE ATRVÉS DE TU AOBRA. SEREI EU UM, BOM, SENSSIVEL OU SERÁS TU UMA ARTISTA QUE ME DOBRAS?

Lãmina

Fátima dos Santos disse...

Ah, eu sou suspeita para falar dele...eu o amei desde a primeira vez que o li no meu PC! risos
Recitar ele é uma delicia e me sinto uma mulher muito mais bela e imponente quando suas palavras, querida Elque, saem pela minha boca ao som desse poema a nossa mãe!
Lindo!!!

Zezé, fala com essa menina pra mandar mais poemas dela! :D
Beijos Zé, o blog tá lindo, apresentei ele pra galera de Letras.

Poetinha Feia disse...

Elque esse poema é tão revelador, revela tantas de coisas de vc.
Coisas que eu nem mesma sei e que talvez vc ainda não saiba.
O verso que eu achei mais a sua cara foi:
"...Mas nunca tente me domar, pois a mim cabe:
Envolvê-lo desejá-lo e, talvez, afogá-lo...."

É tão lindo e se parece tanto com vc, eu realmente te vi nesses versos.

Quanta inspiração, que maravilha.

Parabéns!!!!!!!!!!!!

Escreva mais coisas legais assim para que eu possa me inspirar.

Bjinhos

Guellwaar Adún disse...

Sua escrita é voraz, feminina, sábia, preta, agressiva, nada pretenciosa, contundente, sensível; não posso deixar de usar aquela palavrinha tão em moda - visceralidade. Sua poesia depila todo excesso e ao mesmo Tempo compila sonhos represados, gerando novas demandas... você manda bem pacas, Elque.
Continue escrevivendo, vc não vai longe, vc já está megakilômetros de distância desse nosso Tempo, moça bonita.

maria disse...

Adorei seu poema!
Me fez lembra do meu real destino e que não posso desviar meu caminho.
Vc sempre uma artista.
Bjs minha preta e continue escrevendo sempre lindamente assim.

Veneno disse...

É poesia!!!E poesia não se explica se sente...e os meus sentidos insolúveis se perderam nessa súplica livre.

Querida, muito obrigada por me fazer perceber as palavras lavradas e polidas pelo seu sentido!
Lindo!!!
Parabéns!

Elque Santos disse...

Minha foto sex adorei Zé!!!!!!!!!!!

OHENE NIWA

OHENE NIWA
reCaDo dADo !